Como filho de Deus, você precisa conversar com seu Pai celestial. Mesmo achando que não sabe falar com ele, experimente! Ele terá prazer em ouvir e responder às suas      orações.

  1. Ore sozinho, diretamente ao Pai. Jesus disse: “Tu, porém, quando orares, entra no teu quarto, e fechada a porta, orarás a teu Pai’: (Mateus 6.)
  2. Ore com humildade. “Deus resiste aos soberbos, contudo aos humildes concede a sua graça.” (1 Pedro 5.)
  3. Ore em nome        de                Jesus        disse:        “Ninguém vem ao Pai senão por mim.” (João 14.6.) “E tudo quanto pedirdes em meu nome, isso farei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho. Se me pedirdes alguma coisa em                                               meu
  4. nome, eu o farei.” (João 14.13,14.) Nada de outros intermediários, não adianta 4.
  5. Ore com a      consciência            Se      tiver      cometido      pecados, confesse-os. “Se eu atender à iniquidade em meu coração, o Senhor não me ouvirá.” (Salmo 66.18 — Revista Corrigida.) Por outro lado, “Se o coração não nos

acusar, temos confiança diante de Deus; e aquilo que pedimos dele recebemos.” (1 João 3.21,22.) Se tiver ofendido ou prejudicado a alguém, procure essa pessoa, peça-lhe perdão e faça o acerto que for necessário.

  1. Ore com ações de graças. não esqueça de dizer: “Obrigado Pai” em tudop daí graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.” (1 Tessalonicences 5.18)
  2. Ore diariamente. Tenha uma hora e lugar para orar diariamente, de preferência  sempre à  mesma hora. Cedinho,       pela       manhã,  é excelente  ocasião  para  buscar  a      presença      do            “Pela      manhã      ouvirás      a      minha      voz     ó    Senhor;    pela    manhã    me    apresentarei a ti,  e  ficarei     esperando.” (Salmo 5.3)
  3. Ore esperando receber a resposta. “Tudo quanto em oração pedirdes, crede que recebestes, e será assim convosco.” (Marcos 24.)
  4. Ore com naturalidade, usando suas próprias palavras. Não procure imitar as orações dos outros e nem fique repetindo palavras vazias ensinadas por outros. “E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios; por que presumem que pelo seu muito falar serão ouvidos.” (Mateus 6.7.) Cada um tem sua própria maneira de se
  5. Ore segundo a vontade de Deus. “E esta é a confiança que temos para com ele, que, se pedirmos alguma cousa segundo a sua vontade, ele nos ouve. E, se sabemos que ele nos ouve quanto ao que lhe pedimos, estamos certos de que obtemos os pedidos que lhe temas feito.” (1 João 14,15.)
  6. Ore com persistência. Se a resposta não vier imediatamente, continue orando e diga a Deus que crê que a resposta virá. “Pedi e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos á” (Lucas 9.)
  7. Ore com um companheiro. Cada pessoa deve orar sozinho, mas existem também momentos em que precisamos de um parceiro. “Porque onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, ali estou no meio deles.” (Mateus 1820)

IGREJA BATISTA DO CALVÁRIO – SÃO JOÃO DO PARAÍSO – MG

www.ibatistacalvario.com.br

www.marcelooquadros.blogspot.com